21 Abr

4 elementos que influenciam a conversão de uma Landing Page

Uma prática fundamental dentro de uma estratégia de Marketing é a criação de Landing Pages (Páginas de Captura). Estas páginas têm como objetivo converter visitantes em Leads, trazendo resultados consideráveis e visíveis para o seu negócio. Conheça alguns dos elementos que podem ser facilmente otimizados para aumentar a taxa de conversão de qualquer Landing Page!

1) Título e Subtítulo

O título e o subtítulo de uma Landing Page normalmente são os itens mais vistos na página, pelo menos quatro vezes mais que todo o restante conteúdo.

O objetivo neste ponto é não ser genérico: deixar claro, de forma específica e em poucas palavras, a oferta e a sua proposta de valor.

2) Formulário

Nas Landing Pages é muito comum a presença de formulários, onde acontecerá uma troca: o visitante, em troca da sua oferta, deixará algumas informações pessoais, como nome, email, empresa em que trabalha, etc.

O formulário deve ser coerente com a oferta e o conteúdo da página. Por exemplo, se for uma oferta direta (pedido de orçamento, teste gratuito, etc.), a página deve ser convincente o suficiente para fazer o potencial cliente preencher as informações, principalmente se o formulário tiver muitos campos.

3) Call-to-Action

O call-to-action não é nada mais do que a ação que você espera que o visitante realize na sua página.

Este é um dos elementos chaves para a criação de uma Landing Page. Normalmente, o Call to Action possui cores atrativas, o ideal mesmo é que haja um certo contraste para que esteja visível na página.

4) Imagens

Já diz a sabedoria popular que “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Isto é mais do que válido numa Landing Page. Assim como uma boa imagem que reflete bem a proposta de valor, ajuda na conversão.

Assim, a tentação de colocar muita informação dentro das Landing Pages é quase incontrolável. As Landing Pages são pontos de conversão rápida, ou seja, o visitante ao entrar na página já estará disposto em obter aquela oferta ou conhecer mais informações sobre os serviços.

Share this
02 Jan

7 estratégias para aumentar as vendas utilizando as redes sociais

O crescimento do marketing digital e a influência das redes sociais na tomada de decisão do consumidor traçaram uma nova tendência na forma de comunicação online adoptada pelas empresas. A boa gestão de redes sociais pode fazer toda a diferença para o seu negócio. Conheça as 7  principais estratégias para aumentar as suas vendas utilizando as redes sociais.

1- Aumente o tráfego para o seu website (publicar pelo menos 3 vezes por semana nas redes sociais para aumentar as vendas e divulgar a sua página);

2- Conheça e faça uma análise da sua concorrência;

3- Escolha o melhor horário para publicar o conteúdo nas redes sociais;

4- Utilize (sempre que possível) imagens para acompanhar os seus posts;

5- Deve incluir um “Call To Action” em cada publicação de forma a direcionar para o seu website;

6- Ofereça descontos e vouchers;

7- Promova o seu catálogo de produtos e serviços. 

Share this
26 Dez

3 razões que justificam ter um website responsive

O que é o Responsive afinal? 

O Web Design Responsive é a abordagem que engloba o conceito ideal de que todos os conteúdos devem ser vistos facilmente a partir de um único design em diferentes dispositivos, sem qualquer problema técnico. O conjunto destes factores proporciona uma melhor experiência de utilização.

Qual a importância do Responsive para o meu Website?

O seu website deve estar preparado para acompanhar as novas tendências do mercado. Cada vez mais é recorrente os utilizadores consultarem informação online através de dispositivos móveis e a necessidade de estarem preparados é importante.

Maior alcance a Potenciais Clientes

Os smartphones já dominam o mercado, o número de tablets também aumenta a cada mês, e o tráfego de internet via mobile dispara a cada ano que passa. Se continuar a ter um website que não se adapte a estes dispositivos é simplesmente inútil.

Experiência positiva por parte do utilizador

O utilizador está cada vez mais exigente, e considera essencial poder aceder aos conteúdos que pretende a qualquer hora do dia, em qualquer lugar e em qualquer dispositivo, seja no desktop, no tablet ou no smartphone, sem necessidade de ter de fazer zoom. A consistência dos conteúdos do website, a fácil navegação, a fácil pesquisa, tudo contribui para uma boa experiência de utilizador que mais rapidamente levará à satisfação do utilizador.

 

 

Share this
19 Dez

4 razões para a sua Empresa ter um website

Com o crescimento da popularidade da internet, é quase inevitável que toda a empresa ou negócio não tenha um website. Se o seu negócio ou empresa ainda não tem um website, tenha atenção às razões pelas quais não deve perder mais tempo:

  • O website da sua empresa terá toda a informação que pretender. Além disso, estará permanentemente acessível, podendo acumular a informação ou substituir a desatualizada por outra mais recente.
  • Pode utilizar o seu website para promover e criar qualquer campanha de publicidade dos seus serviços ou produtos, atraindo um maior número de pessoas ao seu negócio.
  • website pode ser visualizado em qualquer parte do mundo por qualquer pessoa em vários dispositivos (desktop, mobile, e tablet). Tendo a sua informação online, a distância aos seus potenciais clientes deixará de ser um problema.
  • Um website, além de o apresentar a potenciais clientes, é também um registo de crescimento e alcance do seu negócio. Através do feedback que terá através de comentários ou número de visitas poderá perceber se a sua atual estratégia de marketing está a obter resultados.

Estas são algumas das razões mais importantes para que o seu negócio ou empresa tenha um website na Internet. Se ainda não tem, contacte a GoUpBuzZ, e teremos o maior prazer em aprofundar estas razões e apresentar-lhe uma proposta à medida do seu negócio.

Share this
28 Nov

Como criar a Imagem Corporativa da sua Empresa?

infoA imagem corporativa permite-lhe ganhar notoriedade e distinguir-se da concorrência. Com um design adequado a Empresa, ganha identidade e transmite ao público-alvo os valores que a definem. Escolher o melhor suporte de comunicação para divulgar a sua mensagem a Colaboradores, Parceiros e Clientes, pode ser determinante no sucesso do seu negócio.

Para desenvolver a imagem corporativa de uma empresa deve ter em conta os principais elementos gráficos:

1- LOGÓTIPO

O logótipo é criado ou projetado para um reconhecimento imediato pelo público-alvo. Em algumas situações, o logótipo não vem acompanhado de nenhuma descrição de texto, apenas o ícone/símbolo, e mesmo assim é imediatamente reconhecido pelo público.

2- SLOGAN

O slogan é a mensagem com que pretende atrair clientes para o seu negócio. Deve transmitir os benefícios dos seus produtos e serviços destacando-se da sua concorrência e ser original. A finalidade do slogan é causar credibilidade e confiança nos seus futuros clientes.

3- ESTACIONÁRIO DE COMUNICAÇÃO

O cartão de visita, a assinatura de e-mail, o envelope, papel de carta, entre outros, são alguns dos elementos que compõem o estacionário e que falam pela marca quando não está um representante presente. Estes elementos têm um contacto preferencial com o cliente, como tal devem possuir uma imagem que transmite as melhores referências.

 

Share this
21 Nov

6 Dicas de Design para criar um Email Marketing Criativo

post2A criação de um Email Marketing com um layout adequado irá ajudar com que as suas estratégias de campanha de email atinjam bons resultados. Conheça as 6 dicas de um layout criativo.

1. Coerência na identidade visual

O primeiro passo é prestar atenção na identidade visual da sua Empresa. Quais os elementos que se destacam e que poderão fazer com que os seus clientes associem rapidamente o email à sua empresa?

Ao criar um Email Marketing, é muito importante seguir a sua paleta de cores, texturas, tipografias, ilustrações e outros elementos que fazem com que o seu cliente reconheça a sua marca e o seu posicionamento.

 

2. O conceito “above the fold”

É muito importante, ao criar um email, que as informações mais relevantes estejam presentes na primeira faixa de visualização do email, sem ser necessário efectuar scroll.

 

3. Escreva um Título que seja impossível de não abrir

É fundamental existir um título forte no email marketing que desperte a atenção dos seus clientes.

 

4. Call to Action atrativo

Este é um dos elementos mais importantes para criar um Email Marketing.

Normalmente, o Call to Action possui cores atrativas. O ideal mesmo é que haja um certo contraste para que esteja bem nítido no email.

 

5. Imagens e ilustrações

É preciso ter atenção para que as imagens não sejam demasiadas pesadas no email. Uma dica é utilizar no formato JPEG ou PNG.

 

6. Gifs, filmes e animações

Da mesma forma que as imagens, estes elementos devem ser extremamente leves.

Este tipo de elementos no seu email costuma chamar a atenção do público e aumentar o seu tempo de leitura. Mas seja perfeccionista na forma de integrá-los no layout do Email Marketing para que o conjunto se torne atraente.

 

Share this
14 Nov

5 razões para monitorizar o seu site com o Google Analytics

gooogle_analyticsO Google Analytics é um sistema gratuito de monitorização de tráfego que pode ser instalado em qualquer site, loja online ou blog. O objetivo principal desta ferramenta não é apenas conhecer o número de visitantes que acedem ao seu site, mas sim compreender o comportamento dos utilizadores ao navegar pelas diversas páginas do site.

Conheça as razões pelo qual deve usar o Google Analytics para monitorizar o seu site:

1- Visitas e Visitantes

Visitas e visitantes são dois termos com significado diferente. O número de visitantes é a quantidade de pessoas que visitaram o seu site, independente de quantas vezes o fez. Assim o número de visitas apresenta quantas vezes o seu site foi acedido pelo público, sem levar em consideração a quantidade de pessoas.

Essas métricas são importantes de serem acompanhadas pois analisam diretamente a audiência que o site ou blog de sua empresa possui.

2-Visualizações de páginas

Visualizações de página, ou Pageviews, diz quantas páginas do seu site foram visitadas.

Uma métrica que é derivada das visualizações de páginas e que traz informações mais relevantes em relação ao comportamento dos visitantes do site é o Páginas/Visita. É um número que mostra a média de páginas visualizadas por cada visita que o seu site obteve.

3-Taxa de rejeição

No Google Analytics, poderá identificar quanto tempo os visitantes permaneceram no seu site e a taxa de rejeição de suas páginas. A taxa de rejeição possui uma relação com o conteúdo do seu site e como está a ser divulgado.

4-Percentagem de novas visitas

A percentagem de novas visitas mostra quantos dos visitantes de um determinado período estão a visitar o seu site pela primeira vez.

5-Origem de tráfego

As origens de tráfego podem ser:

Busca Orgânica:

São as pessoas que acedem o seu site através dos vários motores de pesquisa, tais como Google, Yahoo, Bing entre outros.

Links Pagos:

Quando os visitantes chegam ao seu site através de clique patrocinados. Cliques adquiridos por meio de anúncios no Facebook, por exemplo.

Tráfego Direto:

Este tráfego define quando os visitantes digitam diretamente na barra de endereço do navegador o url do seu site.

Tráfego Social:

Tráfego derivado das redes sociais como Facebook, Google Plus, Twitter, Linkedin, Youtube, entre outros.

Share this
07 Nov

7 aspetos fundamentais na gestão de redes sociais

O marketing online tornou-se uma das ferramentas mais importantes para qualquer empresa. Com o aparecimento das redes sociais essa importância não estagnou, bem pelo contrário. A boa gestão de redes sociais podem fazer toda a diferença para o seu negócio.

 

Ficam aqui algumas dicas de fácil implementação:infografico_2

1- Responder às perguntas

Nas redes sociais, as empresas precisam ouvir e responder sempre os seus seguidores e clientes.

2- Ouvir opiniões 

Ouvir os seus clientes / seguidores é uma das estratégias de venda mais importantes que uma empresa pode ter, pois o feedback do cliente/seguidor irá ajudar a melhorar os seus produtos e serviços.

3- Seja útil e relevante 

Poste conteúdo que possa realmente ser útil e relevante para o seu público.

4-Utilize fotografias e vídeos 

Sempre que possível, utilize fotografias ou vídeos de forma a acompanhar o conteúdo.

5-Seja divertido

De vez em quando, poste algo um pouco mais divertido e engraçado. Mas atente a dois fatores importantes:

  • Cuidado com piadas de mau gosto, ou seja, não ofenda ninguém, nada de palavrões e muito menos algo preconceituoso.
  • Tente postar algo divertido e que faça parte do universo do seu público.

 

6-Esteja atendo à concorrência

Poderá conseguir ótimas ideias do que fazer, ou do que não fazer, olhando para a sua concorrência.

7-Esteja atento ao horário 

Tente perceber qual o horário que o seu público costuma interagir mais com as postagens. Não acredite nessa de “horário nobre do facebook” ou de qualquer outra rede social. Quando conseguir perceber o melhor horário para postar, simplesmente poste o seu melhor conteúdo naquele horário.

 

Share this
31 Out

5 razões que tornam o Responsive Design fundamental em todos os websites

infoTer um website com Responsive webdesign não é o mesmo que ter um site em versão mobile!

Um website com versão mobile implica 2 websites (1 mobile e outro desktop) com diferentes domínios, conteúdo, apresentação…

O Responsive Webdesign implica que exista apenas 1 site, que se adapta automaticamente às diferentes resoluções dos vários dispositivos.

Ficam aqui Algumas razões básicas para o seu website ter Responsive Design:

1-Maior esperança de vida do seu site

Os utilizadores trocam de smartphones, de tablets, de monitores , os dispositivos estão constantemente a receber melhorias e apresentam resoluções cada vez mais elevadas. Mas o seu site, com um comportamento responsive, adaptar-se muito mais facilmente a todos esses novos formatos e ecrãs.

2-Mais alcance a Potenciais Clientes

Os smartphones já dominam o mercado, o número de tablets também aumenta a cada mês, e o tráfego de internet via mobile dispara a cada ano que passa. Se continuar a ter um site que não se adapte a estes dispositivos é simplesmente deitar dinheiro ao lixo.

3-Melhor posicionamento nos motores de busca

Já há quase 5 anos que o Google recomenda o uso do Webdesign Responsive. Por 3 motivos essenciais:

Um único URL, um único site, torna a experiência/interacção do utilizador mais positiva e memorável.
Um único URL facilita a tarefa dos algoritmos de links do Google.
Um único URL e HTML facilitam o rastreamento e indexação do conteúdo do seu site.

4-Maior taxa de conversão

Chegar ao mercado mobile é fundamental. Segundo a Anacom em 2013 existiam 13,1 milhões de telemóveis activos em Portugal. No mesmo ano 10,1% dos portugueses já possuía um tablet. A juntar a tudo isto, não só o acesso à internet via mobile triplicou como a utilização de smartphones ultrapassou a dos telemóveis tradicionais.

Outro facto importante, 67% dos utilizadores afirmam que existe uma maior probabilidade de efectuar uma compra em sites mobile-friendly.

5-Melhor Experiência de Utilizador

O utilizador está cada vez mais exigente e móvel, e considera essencial poder aceder aos conteúdos que pretende a qualquer hora do dia, em qualquer lugar e em qualquer dispositivo, seja no desktop, no tablet ou no smartphone, sem necessidade de ter de fazer zoom ou pontaria a um botão ou link. A consistência dos conteúdos do website, a fácil navegação, a fácil pesquisa, tudo contribui para uma boa experiência de utilizador que mais rapidamente levará à satisfação do visitante do website.

Share this
24 Out

5 Fatores fundamentais para um website aparecer bem posicionado nas pesquisas orgânicas

infoA posição das suas páginas nas pesquisas orgânicas são definidas pelos próprios motores de busca que utilizam uma grande variedade de critérios dos quais ninguém sabe exatamente o contributo de cada um para a avaliação final.
Não existe nenhuma fórmula ou algoritmo exato que nos permita saber ao certo todos esses critérios, embora existam vários programas que analisem o SEO aproximado do seu website, todos eles de forma diferente.

Este artigo enumera muito resumidamente alguns cuidados a considerar a nível de SEO,Design,Acessibilidade e Performance do seu website.

Pretende uma análise gratuita ao SEO do seu website?: Contacte-nos clicando aqui

1-SEO

Search Engine Optimization foca-se na indexação das páginas do seu site aos motores de pesquisa para as palavras chave pretendidas. Embora não seja o único fator que influencia a posição das suas páginas nas pesquisas, sem ter uma boa indexação não conseguirá relacionar as suas páginas com as pesquisas. Ficam aqui alguns dos aspetos principais para um bom SEO no seu website:

-Informação nos Headers- Os headers de cada página devem possuir título, descrição e os respetivos tags.

-Indexação- Deve possuir o ficheiro robots.txt, possuir um sitemap e ter todos os Meta Robots tags definidos para que todas as páginas sejam encontradas pelos motores de busca

-Duplicação de Conteúdo- Para evitar a duplicação de conteúdo

-Multimédia- todas as imagens devem ter um atributo ALT ,ou seja, um texto alternativo, que permita identificar a imagem por esse nome.

-Rede de Links- Deve garantir que possui mais links internos que externos e que estes fiáveis e consequentemente seguidos pelos motores de busca. Deve também evitar a utilização de underscore nos links.

2-Design

A forma como é criado o design do seu website influencia muito o seu SEO score. Quando falamos em design, não nos estamos a referir apenas ao nível estético, mas sim às tecnologias e código usado no seu desenvolvimento, bem como o servidor em que este está alojado. Ficam aqui alguns exemplos de cuidados a ter em conta no design do website:

-Qualidade do Layout- O design deve ser feito por ‘div’ em vez de tabelas, não pode conter elementos flash e é de evitar código HTML comentado.

-Configurações do Servidor e segurança- Deve possuir um protocolo de segurança SSL, implementar uma política de proteção de conteúdo e tente substituir os email à vista por imagens ou javascript.

3-Conteúdo

O conteúdo do seu website é fundamental para uma boa indexação das páginas nos motores de pesquisa. Cada página deve possuir um título e uma descrição coerente tanto com o conteúdo presente nessa página, como com as palavras-chave s que pretende indexar as páginas nos motores de pesquisa. Confira alguns dos principais aspetos a ter em conta no conteúdo do seu website:

-Rácio texto/imagens- sempre que possível este rácio de ser superior a 50%;

-Densidade Palavras chave- Recomenda-se entre 1% a 3% do total de palavras da página, ou seja, numa página com 100 palavras, para obter uma densidade de 1%, essa palavra-chave apenas pode ser empregue uma vez. Isto porque os motores de busca penalizam a repetição abusiva de palavras-chave, tendo o nome de Keyword stuffing;

4-Performance

A performance do website é também um critério analisado pelos motores de busca para definir o seu posicionamento nas pesquisas orgânicas. Websites com melhor performance são mais favorecidos que os websites com desempenho inferior neste critério.
Resumindo, as principais preocupações a ter em conta na performance de um website são:

-Velocidade de Carregamento (tempo em ms que o website leva a abrir, quanto maior, pior é o seu performance, sendo que este aspeto é afetado diretamente pelos dois apresentados de seguida);

-Tamanho dos ficheiros- deve evitar ficheiros muito pesados pois estes vão aumentar o tempo de carregamento do website.

-Taxa de compressão- comprimir as páginas do seu website otimiza o tempo de carregamento e consequentemente a performance do seu website.

5-Acessibilidade

Este critério mede a experiência de utilizador de quem visita o seu website, e é altamente contabilizado no posicionamento do seu website nas pesquisas orgânicas, ou seja, não consegue um bom posicionamento se não tiver pelos menos os seguintes aspetos básicos no seu website:

-Responsive- Obrigatoriamente o seu website deve estar acessível em tablet,smartphone e desktop.

-Partilha redes sociais-Deve ter botões de partilha e acesso às redes sociais, principalmente facebook,twitter e claro, google+ pois embora esta última não seja muito utilizada, pertence à Google que define estes critérios para o seu motor de busca.

-Usabilidade e Acessibilidade- Neste grupo estão incluidos alguns aspetos de navegação tais como o comprimento do seu domínio (não deve ser longo demais), ter URLs dinâmicos,e a prróprio ranking de acessibilidade do website.

-Multilíngue- Embora este aspeto não seja tão importante como os anteriores, websites em várias línguas são beneficiados em relação aos restantes.

Share this

© 2016 GoUpBuzZ.com. Todos os direitos reservados.